O que esperar de "Êta Mundo Bom!"?


Quem não sente falta de "O Cravo e a Rosa", "Chocolate com Pimenta" e "Alma Gêmea"? Tais novelas se consagraram e até hoje são lembradas com carinho pelo público. Este mesmo público provou que prefere chegar em casa e encontrar algo leve que os faça rir e se emocionar depois de um dia estressante. A preferência por novelas de época é indiscutível. Por exemplo, depois que "Além do Tempo" mudou para a segunda fase ambientando dias atuais, a audiência sofreu queda.

Com experiência no ramo das novelas de época, o badalado e queridinho autor da Globo, Walcyr Carrasco, promete trazer de volta todos os elementos folhetinescos que o levaram ao sucesso na faixa seis na década de 2000. Dia 18 de janeiro estreia "Êta Mundo Bom!" com direção de Jorge Fernando, parceria bem sucedida anteriormente.

"Êta Mundo Bom!" é ambientada no fim dos anos 40 e tem tudo o que o público quer. Sergio Guizé (Candinho) interpretará o protagonista roceiro ingênuo e de bem com a vida, rodeado por mocinhas, galãs, vigaristas, gente maluca, caipiras e vilões. É na criação de bons vilões que Walcyr se destaca. Desta vez Flávia Alessandra (Sandra) assumirá a crueldade da trama, remetendo ao seu personagem diabólico de "Alma Gêmea". No pacote das vilãs ainda tem Guilhermina Guinle (Ilde) e Priscila Fantin (Diana). Para contrabalançar a vilania, uma família bem atrapalhada e personagens caricatos prometem uma forte dose de comédia garantido boa diversão.

O elenco é recheado de nomes que já trabalharam em novelas anteriores do autor. Atores do sucesso "Verdades Secretas" e "Amor á Vida" serão vistos na nova trama. "Eta Mundo Bom!" marca também o retorno de Marco Nanini (Pancrácio) de volta às novelas após 16 anos. A expectativa é grande. Com uma trama leve e gostosa de acompanhar, grandes nomes da teledramaturgia global darão vida ao tradicional texto afiado de Walcyr Carrasco.

Alguns podem até torcer o nariz contra novelas de época acusando a Globo de retrocesso. A emissora segue tendências e gosto popular e ir contra seu público só dar prejuízo. Tramas inovadores poucas vezes dão certo diante de uma massa conservadora, indecisa e exigente. Se a fórmula novela de época, comédia e romance é sinal de audiência e diversão, que venha "Êta Mundo Bom!"!

E você, tá ansioso? Comente abaixo no Disqus.

                                                                                     Por: Guiga Bates, redator-chefe do Detona TV
Tecnologia do Blogger.