Band não deixa a chapa esfriar e já prepara novo "MasterChef"

Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, Chefs do "MasterChef"
A Band achou seu ganha pão e agora não pensa em outra coisa a não ser se sustentar da cozinha do "MasterChef". As duas primeiras edições da versão brasileira esquentaram as noites de terça da emissora com grande aceitação por parte do público, faturamento e boa audiência para seus padrões.

Um mês depois do fim da segunda temporada no ano passado, a Band toda empolgada lançou a versão cut cut "MasterChef Jr". Porém sem o mesmo sucesso e repercussão da versão adulta.

O reality culinário se encaminha para a terceira temporada. A gravações irão começar após o Carnaval e tem previsão de estreia para abril, dessa vez com 25 episódios, sete a mais que a anterior. Outro detalhe é que a produtora Endemol assumiu o formato. A Eyeworks Cuatro Cabezas foi responsável pelas duas primeiras edições entregando um programa bem produzido. Vamos ver se a Endomel seguirá o mesmo padrão.

Falando em padrão, Ana Paula Padrão seguirá no comando da atração. A jornalista que migrou para o entretenimento é totalmente descartável e notavelmente ocupa o lugar de coadjuvante. Um botijão no lugar dela seria mais útil. Entre simpatia, humilhações e autoritarismo, os Chefs dominam todo reality.

Espera-se que dessa vez três problemas sérios sejam reparados. Primeiro, tomara que resultado da final não vaze. É frustante para o público que acompanha o reality perder toda a expectativa por um descuido desses. Segundo, que se respeite o horário. Com medo da Globo a emissora chega a escalar o programa para tarde da noite. E terceiro, menos manipulação. Uma descaração que só se relata no Brasil.

É evidente a dependência da Band em relação ao "MasterChef". A emissora vai lamber os resultados do formato até levá-lo ao desgaste. Não seria prudente dar um tempo para a chapa esfriar e deixar o público com um pouco mais de fome? 

Comente abaixo no Disqus.

                                                                                     Por: Guiga Bates, redator-chefe do Detona TV

Tecnologia do Blogger.