Alagamentos em São Paulo vira reality show no "Cidade Alerta" e "Brasil Urgente"

Por: Guiga Bates, 27/01/2016

Toda vez que chove forte na Grande São Paulo é a maior correria por causa dos alagamentos em diversos pontos da cidade. Na onda para captar índices de audiência, os policialescos "Cidade Alerta" (Record) e "Brasil Urgente" (Band) exploram até a última gota de chuva que cai do céu.

"Olha o motoqueiro, vai cair, ele desvia do lixo, eu disse que não dá!...Vamos ver se a moto vai funcionar...essa é a maior ansiedade dele... não vai funcionar... não adianta", diz Bacci, negativamente jogando praga no coitado do motoqueiro que não sabe que está em cadeia nacional.


Indo para Band, José Luiz Datena conduz a cobertura dos alagamentos, advinha fazendo o quê? "Vamos ver se esse carro aí consegue passar", diz o apresentador na expectativa.

Parece até brincadeira, os dois apresentadores exibem ao vivo motoristas, motociclistas e pedestres numa espécie de reality show. A torcida é para o primeiro que atolar, afundar ou desaparecer em meio a lama e aguaceiro. A partir daí, a pauta estará garantida.

Repetição de imagens e informações desnecessárias alagam a tela do telespectador. Helicópteros e seus comandantes quase se chocam no céu para filmar qualquer sinal de tragédia, carro submerso ou lixo flutuante. Apresentadores causando sensacionalismo e culpando o que podem, torcendo para que nessas horas de "grande cobertura" alguma coisa ruim aconteça. É que o público "vai vendo" na tela da Record e Band. A vantagem é que em dias de chuva as pautas criminais pegam folga.

Comente abaixo no Disqus!
Tecnologia do Blogger.