"The Love School" ilude e não disfarça a propaganda da "Universal"


Neste sábado (27) sem muitas alternativas na fatídica TV aberta, acabei me deparando com a Record exibindo um programa chamado "The Love School". Os apresentadores e casal abençoado por Deus, Cristiane e Renato Cardoso tratam de temas relacionados à área sentimental. Um programa impregnado com o cheiro da IURD que ilude e que não faz questão de disfarçar a propaganda da igreja do sogrão de Cardoso.

Pois bem, resolvi dar uma olhada por que a pauta apresentada pelo programa parecia ser sobre germinação de sementes. Indaguei. Virou programa de variedades? Leve engano. De início me agradou até por que gosto de mexer com plantas e cultivar uma horta. Até que resolveram me estressar. A matéria externa gravada num laboratório botânico e conduzida pelo casal super exemplar da Record era apenas uma forma de "dar lições" sobre o casamento usando as sementinhas. Ilustração ou analogia.

O problema em si não eram as "lições" mirabolantes. O casal começa a falar de sua vida amorosa, dos anos de casados, de suas dificuldades iniciais dos tempos de outrora, de como conseguiram desenvolver suas "sementes" e atingir a tão sonhada felicidade estável e blindagem de aço no casamento. "Eu coloquei sementes na Cristiane", diz Cardoso olhando apaixonadamente para a esposa ao lado. Pensei: Gameta masculino?

Uma completa babação mútua. A todo momento perdia-se o fio da meada por se gabaram em rede nacional. Dirigindo-se ao sofredor de casa carinhosamente chamado de "aluno", fizeram de tudo para iludir o público alvo de que o casamento dos apresentadores é simplesmente perfeito, que estão acima de qualquer adversidade e que agora podem dar lição de moral. Será mesmo? Daria tudo para saber o que realmente acontece entre as quatros paredes do casal. Não me refiro as intimidades sexuais, tá? Não estou sendo cético, apenas realista.

Inacreditável também foi o momento em que artistas e personalidades da Record aparecem no vídeo exaltando os apresentadores como "casal exemplar" e pedindo conselhos para vida amorosa.

Sabemos que a realidade do casamento é outra. Biblicamente falando, além de sagrado, o casamento é acompanhado de "tribulações na carne" ao ser formado por duas pessoas completamente imperfeitas e ambiente mundo cão. É claro que existem casais felizes, mas vamos combinar que casal perfeito não há.

A intenção do programa fica mais evidente. Primeiro, pela voz meio rouca do Renato Cardoso, típica de Bispo da IURD. Segundo, Cristiane é filha de quem? Terceiro, logo após o término do programa,  de forma abrupta aparece outro Bispo, o Formigoni. Sacou? Puro marketing da "Universal". 

Vale lembrar que a Igreja Universal do Reino de Deus promove um tal de "Terapia do Amor" para casais. O camarada assiste o programa "The Love School" na TV e com o tempo é induzido ir a igreja procurar solução para sua vida amorosa. Não vamos ser ingênuos. Não se veicula um programa na TV apenas para ajudar pessoas, por detrás sempre há um retorno. Neste caso, angariar fiéis.

Sim, caros leitores! Se você for dizimista, a felicidade, o "amor inteligente" e a super blindagem no seu casamento estará garantida!

                                                                                      Por: Guiga Bates, redator-chefe do Detona TV
Tecnologia do Blogger.