Recentes

Tecnologia do Blogger.

Tedioso, "Inimigo Secreto" da Record não convence

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Impossível não detonar o "Amigo Secreto" que a Record exibiu nesta terça (22). Na verdade, a brincadeira deveria se chamar "Inimigo Secreto" de tantos pega pra capá que já rolou nos bastidores da emissora ultimamente.

Incrível como a Record consegue transformar qualquer programa num show tedioso. A começar pela escolha da Sabrina Sato para encabeçar atração. A japa pode até ser engraçada, mas não sabe apresentar. Alguém precisa dizer isso para ela. Imagine a paciência que aquele time de apresentadores teve durante as gravações com a Sabrina?

Bem, a Record disse que transformaria Xuxa em outra pessoa após ser contratada. Nada! Apareceu cantando e dançando música de Paquita. Não consegue desapegar de seu passado.

Presente variados não faltou, de pano a eletrônicos. Até pobre consegue presentear melhor. Para animar Mion levou suas brincadeiras infantis e sem-graça do "Legendários". Não colou.

Impagável era a cara de "tô nem ai pra você" que a Xuxa fazia para o Gugu.

Os presenteados dedicaram, discursaram seus blá-blá-blá...O que mais chamou a atenção foi que todos os que saíram da concorrência e foram para Record fizeram questão de passar a mesma mensagem subliminar: "Eu sobrevivi aqui ou estou tentando sobreviver na Record". Captaram a mensagem? Xuxa foi a mais inocente. Disse que os funcionários da Record não tentam passar por cima dos outros. Como é que é? Carla Cecato incentivou a todos a serem uma família e se tratarem bem não apenas no Natal.

O programa foi tão longo que se estendeu lá pela madrugada. Cansei, não tive mais paciência e fui dormir. Deu para notar a cara de tédio de todos os participantes e da inútil plateia. Estavam suplicando no coração: "Me tirem logo na brincadeira ou me tirem daqui". Alguns foram flagrados mexendo no celular.

Não deu tempo de ver o abraço coletivo. Do jeito que anda as coisas na Record, se notar alguns apresentadores se abraçando, aparta que é briga.

Sem novidades, sem atrações. O tédio imperou na edição deste ano. Se o clima interno fosse realmente bom e pacifico entre os apresentadores, quem sabe o programa seria mais autêntico.

Recomendamos para você