Modernidade e pequenas mudanças não livra a RedeTV! de parecer um aterro sanitário

“Para, para, para!"  Com seu bordão, João Kléber apresenta seu lixo, "Você na TV".
Quando os sócios Amilcare Dallevo Jr. e Marcelo de Carvalho compraram a concessão da extinta Rede Manchete em 1999, a novidade parecia se transformar em alternativa e esperança para TV Brasileira.  Equipou-se um centro moderno e tecnologicamente avançado, um dos mais desenvolvidos da América Latina. Inicialmente sua programação era voltada para a Classe A. Com o passar do tempo, se popularizou. Se popularizou de forma tão desregrada, que mesmo diante de tanta modernidade e tecnologia, a emissora mais parece um aterro sanitário por causa de sua programação ruim.

A programação da "TV que mais cresce no Brasil", parece até piada, e "primeira em HD3D", diz ela, se concentra principalmente ao entretenimento. É neste ramo que a emissora se torna tão lixosa.

Você, caro leitor, não sente certa repugnância quando lê ou escuta os títulos a seguir: "A Tarde é Sua", "Você na TV", "TV Fama", "SuperPop", "Luciana By Night", "Chega Mais", "Sensacional" e "Te Peguei"? Deu até calafrio, né? Lembra do baixo e pornográfico "Teste de Fidelidade"? Tá, parei!

São atrações que se concentram primariamente em sub-celebridades, aberrações do mundo televisivo, armações e muita baixaria. Sob o comando de esposas fracas sem nenhuma inteligência e personalidade, jornalistas e apresentadores sensacionalistas, estes programas incrivelmente pontuam alguma merreca. E olhe que são carregados de merchandising. Sobre a audiência, a RedeTV! aparece na quinta posição no ranking e não passa de 1,0 na média-dia. Em dias de share baixo, quase lambe o traço.

Pra ficar pior, uma boa fatia de seus horários é loteada para igrejas evangélicas. Em 2014, por exemplo, era possível ouvir "a palavra de Deus"com até 8 igrejas ocupando diversas faixas. Total dependência da venda de horários e falta de interesse em investir em conteúdo original. O Código Brasileiro de Telecomunicações e do Regulamento dos Serviços de Radiodifusão manda beijos!

Que bomba! Entretenimento fútil + tele evangelismo. Não te falei que parecia um aterro?

A má fama da emissora que já se espalhou pelos quatro cantos do país, andou incomodando seus donos. A fim de reverter um pouco a situação, passaram a investir mais na área do jornalismo. "É Notícia", "Good News", "RedeTv! News", "Leitura Dinâmica", "Documento Verdade" e a contratação de Mariana Godoy para um programa de entrevistas, causa até espanto em meio a tanto dejeto.

Quando a trupe do "Pânico" arrumou as malas e foi para Band, o faturamento e audiência da RedeTV! ficou bastante prejudicada. Agora, um novo humorístico promete intensificar ainda mais a disputa por audiência aos domingos e render um bom retorno financeiro. O "Encrenca", aquele programa que se escora nos vídeos populares do WhatsApp, se tornou a atração mais assistida do canal.

Uma pena que a reputação e a péssima programação no geral acabe ofuscando os poucos e bons produtos do canal.  O público parece sentir repulsa e ainda não quer arriscar sintonizar a RedeTV! e dar de cara com pastores e programas repletos de imundice.

Comente abaixo no Disqus. 
                                                                                      Por: Guiga Bates, redator-chefe do Detona TV
Tecnologia do Blogger.